Chantier CLASSIC Panama

Revestimento de zinco

Soluções técnicas

Revestimento de zinco

O revestimento clássico dos tubos de DN 700 a 2000 da Saint-Gobain PAM é constituído por uma camada de zinco metálico (200 g/m2 mínimo) depositada por projeção e coberta de uma camada de acabamento. É um revestimento ativo adequado à grande maioria dos solos.

Constituição do revestimento

O revestimento zinco é constituído por:
- uma camada de zinco metálico aplicada por projeção (quantidade mínima: 200 g/m2, o que representa um melhoramento de 50 % em relação à normalização francesa, europeia e internacional, que prescreve 130 g/m2),
- uma camada de acabamento (tapa-poros): pintura betuminosa (de espessura média 120 mícrones) ou equivalente.

Mecanismo de proteção

A metalização com zinco é uma proteção ativa devida à ação galvânica da pilha ferro-zinco. O seu mecanismo é duplo:

Formação de uma camada de proteção estável 

Em contacto com o terreno envolvente, o zinco metálico transforma-se  lentamente numa camada densa, aderente, impermeável e contínua, sais de zinco insolúveis. Esta constitui um ecrã protetor. O tapa-poros, ao mesmo tempo que permite a proteção galvânica e a cicatrização, favorece a formação de uma camada estável e insolúvel de produtos de conversão do zinco.

Autocicatrização das feridas

Este mecanismo produz-se, cronologicamente, em primeiro lugar. Uma das particularidades do revestimento exterior em zinco é a sua capacidade em restaurar a continuidade da camada protetora  nos sítios onde existem feridas de pequeno tamanho.
Os íones Zn++ migram através do tapa-poros para colmatar a ferida e transformam-se, de seguida, em produtos de corrosão do zinco, estáveis e insolúveis.

Vantagens do revestimento zinco à 200 g/m2

A Saint-Gobain PAM optou por introduzir a quantidade de zinco a 200 g/m2 (em vez de 130 g/m2 prescritos pelas normas).
Isto permite aumentar consideravelmente a duração durante a qual o zinco fornece uma proteção ativa ao tubo. 50 % de zinco a mais fornece um ganho considerável na duração de vida da proteção galvânica.

Campo de aplicação

O revestimento à base de zinco é prescrito pela norma EN 545 para a maioria dos solos. Confirmado por uma longa experiência, a Saint-Gobain PAM escolheu-o como revestimento clássico de base para toda a sua produção de tubos.
Existem, todavia, casos em que o revestimento em zinco precisa de ser  reforçado por uma manga em polietileno.
Nos casos extremos de corrosividade dos solos, um isolamento completo da tubagem, limitado à zona de alta corrosividade, impõe-se.
 
As equipas técnicas da Saint-Gobain PAM efetuam estudos de solos a pedido do cliente a fim de preconizar o revestimento exterior melhor adaptado.
Para além disso, a proteção pelo zinco é particularmente bem adaptada nas condições  de transporte, nas manutenções, no armazenamento, nas quedas de aterro: graças à sua robustez, protege de maneira duradoira os tubos.

Normas

EN 545: Tubos, acessórios e acessórios em ferro fundido dúctil e suas montagens para tubagens de água.
Prescrições e métodos de ensaio.
ISO 8179: Tubos em ferro fundido dúctil: revestimento exterior com zinco.
Parte 1: Zinco metálico e camada de acabamento.

Alimentar

O verniz tapa-poros beneficia de um Atestado de Conformidade Sanitária (ACS) e está conforme às disposições do decreto de 29 de maio de 1997 (Lei Francesa).