Emboiture tuyau NATURAL, canalisation en fonte - Saint-Gobain PAM

Pressão de Funcionamento Admissível (PFA)

Água

Pressões de funcionamento admissíveis

As tubagens PAM são concebidas para resistir a pressões elevadas, em geral bem superiores aos valores habitualmente encontrados nas redes. Isto justifica-se pela necessidade de poder resistir às numerosas solicitações às quais são submetidas as tubagens, aquando da sua instalação, mas também – e sobretudo – ao longo do tempo.

Dimensionamento de uma tubagem

Aquando da escolha de um componente de uma tubagem, é necessário certificar-se que as três desigualdades, abaixo apresentadas, são respeitadas:

DP = Pressão de cálculo em regime permanente,

MDP = Pressão máxima de cálculo,

STP = Pressão de ensaio da rede.

Coeficiente de segurança

As pressões indicadas nos quadros abaixo são estabelecidas com coeficientes de segurança elevados que tomam em consideração, não só os esforços devidos à pressão interna, mas também as numerosas outras solicitações por vezes acidentais às quais são submetidas as tubagens aquando da sua implementação e quando estão em serviço.

Para um tubo, a PFA é calculada com um coeficiente de segurança de:

- 3 em relação à resistência mínima na rutura;

- 2 em relação ao limite elástico mínimo.

Utilização da tabela das pressões

A resistência à pressão de um componente depende da resistência do corpo deste componente e do desempenho da (das) junta(s) que o equipa(m).

Se um tubo for equipado de dois tipos de junta, um a cada extremidade, convém selecionar as PFA, PMA e PEA menos elevadas.

Se um acessório for equipado de dois tipos de junta (exemplo tê com dois embocamentos e tubuladura flangeada), convém selecionar as PFA, PMA e PEA menos elevadas.