Engagement développement durable - Saint Gobain PAM

Pesquisa catálogo

Biozinalium

Água
Saneamento

Revestimento BioZinalium

O revestimento para durar

O revestimento dos tubos em ferro fundido da gama Natural é constituído por uma camada de liga de Zinco-Alumínio 85-15 enriquecida em Cobre ZnAl 85/15 (Cu), densidade mínima 400 g/m2 , uma camada de proteção Aquacoat (80 µm de espessura média)

Constituição do revestimento

O revestimento BioZinalium é constituído por:

  • uma camada de liga de Zinco-Alumínio 85-15 enriquecida em Cobre ZnAl 85/15 (Cu), densidade mínima 400 g/m2 , depositada por projeção de metal fundido sobre a superfície de ferro fundido, graças a uma pistola de arco elétrico a partir de fio de liga ZnAl (Cu)
  • uma camada de proteção Aquacoat (semipermeável) de natureza acrílica-pvdc em fase aquosa de cor azul, de espessura 80 mícrones, aplicada por pulverização.
 

Constituição do BioZinalium
Caption: 
Constituição do BioZinalium
Mecanismo de proteção

Proteção contra a corrosão global

O revestimento BioZinalium conserva as propriedades « ativas » do revestimento Zinalium quando está em contacto com o solo.

  • Formação de uma camada de proteção estável

Em contacto com o terreno envolvente, o BioZinalium transforma-se lentamente numa camada densa, aderente, impermeável e contínua, de sais de zinco insolúveis. Esta constitui um ecrã protetor. A presença de alumínio fomenta um aumento de capacidade em termos de passivação, mesmo em terrenos muito corrosivos; permite reduzir o consumo de zinco. A pintura aquacoat, sem perder a proteção galvânica nem a cicatrização, favorece a formação de uma camada estável e insolúvel de produtos de conservação do ZINALIUM.

  • Autocicatrização das feridas

Este mecanismo produz-se cronologicamente em primeiro lugar. Uma das particularidades do revestimento exterior BioZinalium é a sua capacidade em restaurar a continuidade da camada protetora nos lugares onde existem feridas de pequena dimensão. Os iões Zn++ migram através do tapa-poros para colmatar a ferida e transformam-se, de seguida, em produtos de corrosão do zinco, estáveis e insolúveis.

Seguro contra a Biocorrosão localizada

O enriquecimento em cobre da liga ZnAl (Cu) permite, ao mobilizar a propriedade bactericida do Cobre, reduzir o risco aleatório de biocorrosão localizada nas situações que se seguem:

  • solos anaeróbicos (terrenos pesados, argilas húmidas…)
  • solos ricos em sulfatos SO4²-, matérias orgânicas que podem provocar danos no revestimento.

O BioZinalium é uma solução inédita para diminuir este risco aleatório e aumentar, por conseguinte, a garantia de longevidade.

Vantagens do revestimento BioZinalium com 400 g/m²

A natureza ativa da camada metalica + a camada de acabamento depositada + as propriedades da camada de acabamento constituem as três dimensões que contribuem para a eficácia do revestimento BioZinalium.

Área de utilização

O revestimento à base de BioZINALIUM, como para o Zinalium, permite:
- dispensar os estudos sistemáticos de resistividade  dos solos,
- atravessar sem risco secções corrosivas, sem proteção adicional por manga (manche) em polietileno, e por conseguinte, sem custos adicionais de obra,
- simplificar a gestão de armazenamento das tubagens de pequenos diâmetros.

Normas

O revestimento BioZinalium está conforme à norma europeia EN545 : 2010 e à norma internacional ISO 2531 : 2009. O revestimento BioZinalium convém à maioria dos solos, tais como definidos no anexo D.2.2 da norma EN545: 2010, à exceção:
- dos solos com uma resistividade inferior a 500 Ω.cm;
- dos solos turfosos e ácidos;
- dos solos com resíduos, cinzas, escórias ou contaminados por certos resíduos ou efluentes industriais.

 

Videos diaporama

Animação BioZinalium - Saint-Gobain PAM - Tubagens em ferro fundido dúctil
1 / 1
Vidéo d'animation BioZinalium ® PamlineTV

Veja também

O revestimento Zinco-Alumínio